Analisando o reboco

Como analisar o reboco antes de iniciar um serviço de pintura

Sabemos que um dos principais problemas relacionado a pintura tem como raiz o reboco fraco ou danificado.

Por isso é muito importante saber analisar o reboco.

Antes de tudo vamos entender a diferença entre chapisco, emboço e reboco.

substrato

Chapisco

É a primeira camada de argamassa sobre bloco ou tijolo, o objetivo é tornar a superfície mais áspera para receber o emboço.

Emboço

Composto por  areia, cimento, água e cal, irá fazer o nivelamento do chapisco, deixando a superfície mais lisa , a espessura pode variar  entre 1,5 cm e 2 cm (interno) e de 3 a 4 cm (fachada), preparando a superfície para receber o reboco.

Reboco

O reboco vai preparar a parede para receber o serviço de pintura , uma camada fina que pode variar em torno dos 5 mm.

tempo-de-cura

Fique atento, sempre que for fazer um serviço em uma casa nova, certifique-se da data que o reboco foi feito, pois deve se aguardar o tempo minimo de cura, que conforme ABNT é de 30 dias, para poder iniciar o serviço de pintura, caso contrario o acabamento final será comprometido.

Recomendamos a utilização do fundo preparador antes de aplicar a massa corrida (interior) ou massa acrílica (exterior/interior) para aumentar a resistência do reboco e evitar eventuais problemas.

Sinais de que o reboco apresenta problemas:

  • Reboco arenoso/pulverulento, soltando partículas (passe a mão na superfície e verifique )
  • Reboco desagregando (partes soltas)

Se o reboco estiver desmanchando obrigatoriamente deve ser  removido  o que está comprometido e refazer o reboco.

Agora se estiver superficial, pulverulento deve-se aplicar o Fundo Preparador.

Possíveis problemas causados pelo reboco fraco ou danificado:

 

Conheça nossa linha completa de produtos, acesse: www.ibratin.com.br

Anúncios